História do Bem Casado

Vários detalhes são importantes para que o casamento perfeito ocorra. A noiva escolhe o seu vestido, o noivo o traje que irá usar na cerimônia, e junto o casal decide o local onde a festa vai acontecer, quem convidar, a decoração e o que será servido. E qual é o docinho que não pode faltar jamais em uma festa de casamento? É claro, o bem casado.

Onde surgiu o bem casado e o que ele significa

Não há informações precisas sobre aonde nasceu o bem casado, mas o que se sabe é que o docinho surgiu na Europa, e é provável que tenha sido entre os séculos XVIII e XX. Porém a maior parte das fontes afirma que essa iguaria foi criada em Portugal, sendo um derivado dos casadinhos portugueses, mas também existem informações de que ela poderia ter surgido na Espanha. Além desta delícia apresentar um sabor bastante doce, ela se destaca pela atenção que é dada à elaboração das embalagens com que é produzida, pois na maioria das vezes são feitas em papel crepom com fitas de cetim, que são delicadas e trazem um charme a mais à festa de casamento.

O bem casado é feito artesanalmente, tendo uma textura suave e macia e normalmente ele é recheado com Doce de Leite. Este doce simboliza a união de um casal, e tem vários significados. Alguns acreditam que a iguaria foi criada de acordo com o que está escrito na Bíblia, no livro de Gênesis, sobre quando Deus cria o homem e a mulher. O Senhor criou primeiro o homem, Adão, e depois a mulher, Eva, e os dois eram predestinados a se unirem e tornarem-se um só. A união de suas pessoas em uma só é o que representa este docinho. As duas partes são a massa de pão-de-ló que se juntam e são seladas pela cumplicidade e respeito mútuo, que é representado pelo recheio. Muitas pessoas acreditam que se para ter sorte no casamento e na união é preciso oferecer o bem casado a todos os convidados no dia da festa. A lenda ainda diz que todas as pessoas que saborearem um bem casado serão abençoados com a mesma sorte e felicidade dos noivos, podendo fazer um pedido antes de dar a primeira mordida no docinho.

O bem casado tem vários formatos e sabores diferentes em cada lugar do mundo, sendo que em Portugal o doce tem uma camada de ovos moles no meio. Hoje em dia existem milhares de combinações que podem ser feitas, para agradar a qualquer tipo de casal. Existem até mesmo os bem casados com recheios que levam um toque de bebida alcoólica, como licor, vinho e até mesmo caipirinha. Se você quer apostar em uma receita diferente de bem casado para o seu casamento, que tal investir em um de chocolate com vinho do porto?

A Rafgg Eventos deseja a você uma festa de casamento maravilhosa, cheia de bem casados para dar sorte para a sua união e ainda abençoar todos os convidados.

Como escolher um vestido de noiva ?

O sonho de se casar ainda está muito presente no imaginário feminino. Poder dar uma festa com todos os seus amigos ao lado do homem que você escolheu para passar o resto da vida com você, escolher as comidas e docinhos servidos na ocasião, escolher o local da cerimônia, e, claro, poder se sentir como uma princesa em um lindo vestido são o que fazem desse dia um dos mais especiais na vida de uma mulher. Mas alguns detalhes na hora de escolher o vestido são essenciais para que tudo aconteça como nos sonhos.

Confira dicas para não errar na hora de escolher o vestido de noiva

Hoje já não existem mais tantas regras para o vestido de casamento como existiam antigamente. A noiva pode ousar, escolhendo até mesmo outra cor para a roupa que não seja o tradicional branco, mas tudo tem que seguir o gosto e o perfil de quem vai usar o vestido e combinar com a cerimônia em si. Escolha uma peça que, acima de tudo, mostre a sua personalidade. Não escolha um modelo apenas porque suas amigas ou sua mãe gostaram. Você é quem tem que se sentir bem com o vestido que vai usar no dia do casamento.

Antes de começar a procurar seu vestido, faça uma pesquisa em sites, blogs e revistas para identificar qual é o tipo de modelo que você deseja para o dia de seu casamento. Além de descobrir quais são as tendências, quando você for comprar a peça já saberá o que a agrada e o que não agrada.

Outro ponto que deve ser considerado é qual é o efeito que você deseja obter do vestido quando estiver caminhando até o altar. Se você quer que a peça tenha bastante movimento é bom investir em modelos com renda e sedas leves. Agora, se preferir um modelo mais estruturado, tecidos como organza de seda e tafetá podem ser boas opções.

Posso mandar fazer meu vestido?

Procurou, procurou e não encontrou em nenhuma loja nada que a agradasse? Mande fazer seu vestido. Mas tenha em mente que você irá precisar se programar muito antes da cerimônia para que a peça fique pronta a tempo, pois esses vestidos são trabalhosos e demoram a ficar prontos. Escolha uma costureira de sua confiança para este trabalho, porém, se não conhecer nenhuma profissional, peça indicações a amigas, mas nunca contrate alguém sem antes ver algum trabalho que essa pessoa tenha realizado, para saber como é o acabamento e o bordado. Além disso, atualmente existem vários designers especializados em vestidos de noiva. O preço é mais salgado do que o de uma costureira, mas o trabalho é minucioso e eles a ajudarão na hora da escolha do modelo, dos bordados e do tecido mais indicado.

Após escolher o vestido perfeito e preparar todos os detalhes da festa, escolhendo um local maravilhoso para celebrar a união, é só aproveitar a festa, os amigos, e claro, o noivo! A Rafgg Eventos deseja a você o melhor casamento de todos os tempos e uma vida cheia de alegrias.