História do Bem Casado

Vários detalhes são importantes para que o casamento perfeito ocorra. A noiva escolhe o seu vestido, o noivo o traje que irá usar na cerimônia, e junto o casal decide o local onde a festa vai acontecer, quem convidar, a decoração e o que será servido. E qual é o docinho que não pode faltar jamais em uma festa de casamento? É claro, o bem casado.

Onde surgiu o bem casado e o que ele significa

Não há informações precisas sobre aonde nasceu o bem casado, mas o que se sabe é que o docinho surgiu na Europa, e é provável que tenha sido entre os séculos XVIII e XX. Porém a maior parte das fontes afirma que essa iguaria foi criada em Portugal, sendo um derivado dos casadinhos portugueses, mas também existem informações de que ela poderia ter surgido na Espanha. Além desta delícia apresentar um sabor bastante doce, ela se destaca pela atenção que é dada à elaboração das embalagens com que é produzida, pois na maioria das vezes são feitas em papel crepom com fitas de cetim, que são delicadas e trazem um charme a mais à festa de casamento.

O bem casado é feito artesanalmente, tendo uma textura suave e macia e normalmente ele é recheado com Doce de Leite. Este doce simboliza a união de um casal, e tem vários significados. Alguns acreditam que a iguaria foi criada de acordo com o que está escrito na Bíblia, no livro de Gênesis, sobre quando Deus cria o homem e a mulher. O Senhor criou primeiro o homem, Adão, e depois a mulher, Eva, e os dois eram predestinados a se unirem e tornarem-se um só. A união de suas pessoas em uma só é o que representa este docinho. As duas partes são a massa de pão-de-ló que se juntam e são seladas pela cumplicidade e respeito mútuo, que é representado pelo recheio. Muitas pessoas acreditam que se para ter sorte no casamento e na união é preciso oferecer o bem casado a todos os convidados no dia da festa. A lenda ainda diz que todas as pessoas que saborearem um bem casado serão abençoados com a mesma sorte e felicidade dos noivos, podendo fazer um pedido antes de dar a primeira mordida no docinho.

O bem casado tem vários formatos e sabores diferentes em cada lugar do mundo, sendo que em Portugal o doce tem uma camada de ovos moles no meio. Hoje em dia existem milhares de combinações que podem ser feitas, para agradar a qualquer tipo de casal. Existem até mesmo os bem casados com recheios que levam um toque de bebida alcoólica, como licor, vinho e até mesmo caipirinha. Se você quer apostar em uma receita diferente de bem casado para o seu casamento, que tal investir em um de chocolate com vinho do porto?

A Rafgg Eventos deseja a você uma festa de casamento maravilhosa, cheia de bem casados para dar sorte para a sua união e ainda abençoar todos os convidados.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta